Banco digital europeu Revolut vai lançar conta digital no Brasil

Mais um banco digital europeu confirma lançamento no Brasil! Vem aí o Revolut.

A concorrência entre bancos digitais deve ficar ainda mais acirrada em 2019, depois que o Banco N26 confirmou a chegada ao país, chegou a vez de outro banco digital europeu confirmar interesse em expandir suas operações para o Brasil. O Revolut é um banco digital com sede em Londres no Reino Unido, a fintech oferece uma conta-corrente digital multi-moeda livre de tarifas.

Página do site Revolut revela lançamento no Brasil

Mais um corrente gringo para os bancos brasileiros! Vem aí o Revolut, banco digital inglês que não cobra tarifa de manutenção e abre conta multi-moeda pelo celular. (imagem: reprodução Site Revolut abre para convite para usuários do Brasil)

A tendência é que o Revolut atue no Brasil, inicialmente, da mesma forma como a fintech N26, ou seja, a instituição vai precisar de um banco parceiro (banco custodiante/liquidante) para conseguir atuar no sistema financeiro nacional.

CONVITE DO REVOLUT JÁ PODE SER SOLICITADO POR BRASILEIROS

A fintech Revolut já criou uma página (em inglês) no qual os residentes no Brasil já podem se inscrever na lista de espera para ser um dos primeiros correntistas assim que a empresa chegar o Brasil. Para se inscrever na lista de espera basta acessar o site www.revolut.com/en-BR/ e clicar em “Get early acess” (seja um dos primeiros a ter acesso, em português).

Assim que o usuário cadastra o e-mail no site oficial da fintech Revolut já recebe um e-mail confirmando que a solicitação de convite foi recebida com sucesso.

Nas últimas semanas foram lançadas diversas contas digitais no Brasil. O C6 Bankbanco digital criado por dois ex sócios do Banco BTG Pactual – começou a distribuir convites nessa semana. O PagSeguro lançou a conta digital PagBank; até mesmo a varejista Pernambucanas entrou na onda e lançou uma conta digital.

Produto inédito em banco digital no Brasil – Em alguns mercados o Revolut oferece uma conta multi-moeda onde é possível ter acesso à criptomoedas como Bitcoin (BTC), Bitcoin Cash (BCH), Litecoin (LTC) e Ripple (XRP); permitindo inclusive a conversão de criptoativos de/para 25 moedas fiduciárias.

Essa forte concorrência pode ameaçar o crescimento do Banco Inter, NuConta do Nubank e tantos outros digitais que oferecem produtos e serviços financeiros pela internet, pois pode disputar a fidelidade dos clientes em meio a tantas alternativas. O Nubank deve ter previsto o surgimento dessa forte concorrência ao anunciar a expansão de seus serviços para o México.