XP recebe autorização do Banco Central para virar Banco

XP recebe aval do Banco Central para virar banco, instituição poderá lançar uma conta-corrente digital em breve.

A XP Investimentos recebeu autorização do Banco Central do Brasil para ter o seu próprio banco. Hoje a corretora de investimento já oferece uma conta exclusiva para aplicações financeiras que pode ser aberta via internet ou por aplicativo. A autorização do BC pode permitir que a XP ofereça em breve uma conta-corrente digital.

A autorização chegou como presente de natal para o Grupo XP. A instituição financeira começou em Porto Alegre em um pequeno escritório, mas esse ano deu um grande salto ao vender 49,9% de sua operação para o maior banco privado do país, o Banco Itaú.

Em um primeiro momento a autorização do BC poderá permitir que a corretora de investimento ofereça aos seus clientes linhas especiais de crédito com garantia de investimento. Futuramente pode ser que haja a oferta de cartões de crédito, débito e outros produtos de um banco tradicional.

XP

Banco Central concedeu aval para XP virar um banco, a novidade pode permitir que os investidores da empresa futuramente recebam transferências de terceiros; algo que hoje é proibido (imagem: divulgação / XP)

Hoje cada investidor da XP possui um número de agência e conta exclusivo, mas só podem receber DOC e TED de mesma titularidade. A autorização para virar banco permitiria que os clientes passem a usar a conta como uma tradicional conta-corrente, o que permitira até mesmo o recebimento de transferências e depósitos de terceiros, tal como fez recentemente a Sofisa Direto.

A corretora tem hoje uma atuação bem agressiva no mercado, ela não cobra taxas para custódia de Renda Fixa, custódia de Bolsa, custódia de COE, Tesouro Direto e nem tarifas de TED para retiradas.

A XP possui forte operação no mercado brasileiro de investimento, além da XP Investimentos o grupo também é dono da Clear Corretora e, recentemente, comprou a Corretora Rico.

Aos poucos a XP vai fazendo movimento para virar um banco de varejo no Brasil, além de pedir a autorização ao Banco Central para virar banco o grupo já articulava a estruturação de uma seguradora com foco na comercialização de Previdência Privada.

A oferta de contas com abertura pela internet nunca foi tão grande no Brasil! O movimentou começou em 2015 quando o então Banco Intermedium começou a abrir contas pela internet; depois veio o Banco Original e tornou-se o pioneiro na abertura de conta-corrente pelo celular.